História da ONG Aprisco

 

O Projeto APRISCO nasceu para atender as necessidades da cidade de Rio Grande da Serra localizada entre Santo André, Ribeirão Pires e Suzano. Ela possui área de 31 Km2, estando totalmente inserida na Área de Proteção de Mananciais. Sua topografia é bastante irregular e acidentada em função da proximidade com a Serra do Mar. A altitude varia de 748 metros (área central) a 978 metros na parte leste, tendo a Represa Billings ocupando cerca de 20% de seu território.

 

A partir da colonização portuguesa e a exploração das terras Brasileiras as travessias da Serra do Mar tornaram-se muito freqüentes, geralmente realizadas por pessoas errantes as quais chamavam-se Tropeiros. A principal caraterísticas desses viajantes era a de que não tinham muitas posses e a paga que recebiam pela viagem empreendida era desperdiçada rapidamente. Costumavam, então, após percorrerem algumas léguas, pernoitar em pousadas que ficavam localizadas na região de Rio Grande da Serra.

 

Em 1865, com o funcionamento da São Paulo Railway CO e o advento da primeira Estrada de Ferro, o processo de decadência das tropas teve seu início. A estrada de ferro trazia, com maior eficiência e rapidez, as mercadorias produzidas nas vilas do planalto.

 

No final do século XVIII e meados do século XIX, os Tropeiros foram se fixando na região, ao longo da velha estrada de Mogi a Santos e através do Caminho Velho para Ribeirão Pires. Na região central, próximo à Capela de Santa Cruz (atual Igreja de São Sebastião), eles foram estabelecendo-se no comércio, com casas de mercearia ou com carros de boi para transporte da lenha e madeira extraídas dos locais de desmatamento e levadas às serrarias existentes próximo a Estação Ferroviária.

 

Por volta de 1850 e 1860 a cidade passou a ter um correio, cadeira de letras para homens, núcleo residencial para os trabalhadores da estrada de ferro. Uma pousada para abrigar não só aos trabalhadores da estrada de ferro, como também aos viajantes que por Rio Grande passavam. Desta maneira a cidade foi se desenvolvendo e atualmente tem como principais atividades econômicas o comércio e a agricultura.

Conta atualmente, com uma população estimada em cerca de 60.000 habitantes, que ocupam cerca de 40% de seu território.

fotos-jantar-dos-namorados-2014-10-1024
fotos-jantar-dos-namorados-2014-8-1024
027
028
015
010
002
000_0057 (Teste1)
000_0058 (Teste1)
100_0486 (Teste1)
100_0491 (Teste1)
100_0482 (Teste1)
100_0506 (Teste1)
100_0507 (Teste1)

Parceiros

Conheça as instituições que nos ajudam.

Festival de Inverno

Confira a programação.

Remédios

Sistema de Gestão de Remédios.

Projeto Servir

Conheça esses belo projeto de médicos voluntários.

© 2023 por ONG Aprisco. 

  • Instagram ícone social
  • Facebook Social Icon
100_0507 (Teste1)